Terça-feira, 29 de Junho de 2004

A LIBERDADE DE IMPRENSA, SEGUNDO UM BANQUEIRO

Através do Fumaças, tive eco da represália do BES sobre o Expresso por motivo de artigos deste semanário relativamente à corrida da Carlyle ao controlo da Galp (em que o BES participava na parceria Luso Oil). É assim: pago-te anúncio mas fazes-me o frete jornalístico! Ou: quem não sabuja não mama.

Obviamente que isto é o dia-a-dia da nossa comunicação social, cada vez mais enfeudada na origem ou pela carteira de anunciantes. Como, na maior parte das vezes, se cede à chantagem, nós não vamos sabendo da missa. Boa excepção à regra.
publicado por João Tunes às 19:13
link do post | favorito
De pml a 30 de Junho de 2004 às 16:59
Ou, com as mesmas palavras: "não há regra sem excepção."


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. ESPANHA – GUERRA CIVIL

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (1...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (2...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (3...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (4...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (5...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (6...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (7...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (8...

.arquivos

. Setembro 2007

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds