Terça-feira, 25 de Maio de 2004

MÁ VONTADE CONTRA A CARLYLE

i-carlyle.jpg

“Os trabalhadores da GALP admitem avançar para a greve se o Estado perder o controlo da empresa e manifestam grande preocupação sobre o futuro.” (aqui)

Está-se mesmo a ver. Em vez de trabalharem para o sucesso sócio-empresarial de António Mexia, o pessoal da Galp anda mas é a espreitar a Grande Loja e o Jumento. Vão trabalhar, malandros. Deixem a Carlyle em paz, a negociar, a negociar. E se querem ler, leiam o Delgado, o Jornalista Sem Medo (de bajular).

E já agora, oh Carvalhas, além de nos tirares a segurança, ainda queres que fiquemos sem gasosa para metermos nos pópós durante o Euro 2004?
publicado por João Tunes às 16:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. ESPANHA – GUERRA CIVIL

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (1...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (2...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (3...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (4...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (5...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (6...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (7...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (8...

.arquivos

. Setembro 2007

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds