Quarta-feira, 30 de Junho de 2004

CARTA SANTANETA

Senhor Putativo, Indigitado e Provável Novel Primeiro-Ministro,

Vexa tem a alta responsabilidade de nomear a sua equipa ministerial em concordância com as recomensações feitas por Sexa Governador do Banco de Portugal a Sexa Senhor Presidente da República e que realçam a máxima recomendação de que, no novo governo a nomear por Vexa, se mantenha o equilíbrio orçamental, a bem da dieta do défice e do PEC.

Sabemos que Sexa e próxima ex-Ministra das Finanças não vai à bola com Vexa, pelo que se exclui, infelizmente, a possibilidade de contar com esta patriota na nobre função de nos atarrachar o cinto, o que muito agradaria a Sexa Governador do Banco de Portugal e a Sexa Senhor Presidente da República.

Os jornais insistem na notícia de que um dos líderes do Compromisso Portugal, proximamente em risco de desemprego por ter apostado no cavalo errado na corrida à Galp, poderá ser recompensado pelos serviços prestados à "causa carlucciana" com um "pontapé pela escada acima" e ocupar o cadeirão da truculenta, embirrante e próxima ex-Ministra.

Recomenda-se vivamente a Vexa que não caia nessa esparrela que ia contrariar as recomendações de Sexa Governador do Banco de Portugal a Sexa Senhor Presidente da República. Primeiro, porque ele iria, de certeza, gastar 99% do Orçamento em publicidade, jornais, televisões e jornalistas. E o que sobrasse iria acabar nos bolsos do Figo para permitir que a sua imagem servisse para decorar a fachada do Ministério das Finanças. E, assim, nada sobraria para organizar as recepções ao ex-Primeiro Ministro quando ele visitasse o nosso país para ralhar sobre a forma como Vexa está a comprometer o PEC.

Acresce que tal figura como Ministro das Finanças, tendo poder de decisão sobre a escolha do novo Presidente da Galp, o mais provável seria que vetasse os nomes indicados pela Petrocer, correndo-se o risco de o poder da petrolífera cair na Segunda Circular e ficar prisioneiro de uma qualquer manif promovida por SMS.

Em virtude do exposto, sugere-se a Vexa que, numa atitude de sabedoria, tome a seguinte, única e sábia decisão:

- Manter o "status quo" executivo da Galp, dado que, para mais, a malta de lá já deve estar habituada e por tudo (e os jornalistas também). O País agradece.

Mais conselhos lhe serão dados na manif santaneta e SMS de desagravo, promovida para esta noite no Elefante Branco. Lá estarei.

Melhores Cumprimentos.
publicado por João Tunes às 17:41
link do post | favorito
|
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. ESPANHA – GUERRA CIVIL

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (1...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (2...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (3...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (4...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (5...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (6...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (7...

. ESPANHA – GUERRA CIVIL (8...

.arquivos

. Setembro 2007

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds